Alimentação saudável: o que comer antes, durante e depois da natação?

Decidir o que comer antes, durante e depois dos treinos é sempre um desafio interessante, independentemente do esporte a ser praticado. Quando o assunto é natação, o tema se torna ainda mais complexo, pois existem diversos fatores que precisam ser considerados para conquistar uma alimentação saudável.

O fato é que, além de ser uma atividade muito divertida e benéfica para o organismo, os exercícios podem ser ainda mais vantajosos quando combinados a uma dieta bem programada. Confira o conteúdo a seguir e descubra quais são as melhores escolhas para você!

Antes da natação

O período antes do treino de natação é muito importante, e uma alimentação saudável nesse momento pode fazer toda a diferença.

O primeiro passo é dar um intervalo de tempo da última alimentação até o início das atividades, que idealmente deve ser entre uma e duas horas de antecedência. É durante esse período que o seu organismo fará a digestão, e você não deve fazer esforço até que ela esteja completa.

Depois, é hora de fazer as opções corretas para que os seus resultados sejam os melhores possíveis. O seu cardápio precisa incluir carboidratos, que vão ajudar a dar a energia suficiente para nadar. O ideal é que sejam de índice glicêmico baixo ou médio, como batata-doce e pão integral.

As proteínas também devem fazer parte dessa refeição, mas em menor quantidade. Alternativas interessantes são queijo branco, peito de peru, ovos e iogurtes. Não se esqueça da hidratação: beber água ou um isotônico é uma atitude primordial para um bom desempenho. Cerca de 400 ml ou um pouco mais já é suficiente.

Durante a natação

A alimentação durante o treino de natação pode ser indispensável, especialmente para profissionais ou amadores que fazem a atividade por mais de uma hora.

A ideia aqui é apenas repor a glicose que está sendo degradada durante o exercício: o nutriente primordial deve ser, portanto, carboidratos simples. Eles são melhor ingeridos por meio de bebidas esportivas específicas, que também ajudarão na hidratação do corpo.

Uma boa dica é deixar uma garrafinha com o líquido na beira da piscina, podendo ser facilmente acessada pelo atleta de tempos em tempos, durante as pausas.

Depois da natação

Por fim, a refeição após o treino de natação tem importância crucial para uma alimentação saudável e uma boa recuperação do organismo. Ela ajudará a reparar os tecidos que são submetidos ao esforço durante a atividade, notadamente a massa muscular. O estoque de glicogênio também estará diminuído e merece uma atenção especial.

A quantidade de proteínas aqui deve ser mais elevada e pode-se dar prioridade para as de maior valor biológico, como peito de frango, cortes magros de carne vermelha e até mesmo peixes oleaginosos, como atum e salmão.

Os carboidratos também não devem ficar de fora e, mais uma vez, as versões integrais são uma excelente escolha, como pão, arroz e macarrão. A batata-doce segue sendo uma boa opção, e não devemos nos esquecer da hidratação e da reposição de sais minerais, preferencialmente feitas com água de coco e bebidas isotônicas.

E agora, pronto para ter uma alimentação saudável e um excelente treino de natação? Gostou do conteúdo? Conte a sua opinião pra gente aqui nos comentários!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *