Foto: Divulgação

Santa Cruz paga bicho de vitória pelo empate com o rival Sport no Arruda

O empate no Arruda com o Sport Recife em 1 a 1 foi comemorado pelas pessoas que estão no Santa Cruz. E, por tudo que aconteceu no primeiro Clássico das Multidões da temporada, não poderia ser diferente. O Santa Cruz começou o jogo atrás no placar, perdeu André Luís, expulso aos dois minutos do segundo tempo, e mesmo com um homem a menos conseguiu empatar. Ainda por cima, superou a má arbitragem, bastante criticada pela diretoria e também pelo técnico Vinícius Eutrópio e seus jogadores.

Os erros da arbitragem e a raça da equipe motivaram a direção coral a pagar o bicho de vitória pelo empate aos atletas que atuaram no clássico. A atitude de premiar o time partiu dos diretores logo após o jogo válido pela quarta rodada do Hexagonal do Campeonato Pernambucano.

Depois da partida, o vice-presidente Constantino Júnior detonou o árbitro Sebastião Rufino Filho, mas fez questão de enaltecer a dedicação e força de vontade do Santa Cruz para correr atrás do prejuízo. “O time se apresentou muito bem. Valeu a garra, a disposição e a vontade desses caras. São guerreiros. Agora a gente lamenta a arbitragem. Foi infeliz demais. A palavra é essa”, declarou o dirigente coral.

Fonte

cta_finalpost_santacruz

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *