Jogador Gustavo do Fortaleza em comemoração da vitoria conta o time Boa Esporte
Foto: Divulgação

Em dia inspirado de Gustavo, Fortaleza vence Boa Esporte de virada no Castelão

O torcedor já começa a contagem regressiva para o acesso matemático do clube

Mais líder que nunca. Na tarde deste sábado, 18, o Fortaleza venceu o Boa Esporte por 2 a 1 e se firmou ainda mais na primeira colocação da Série B do Campeonato Brasileiro. O torcedor já começa a contagem regressiva para o acesso matemático do clube.

Tricolor não fez um grande primeiro tempo, desperdiçou várias chances e só se mostrou superioridade na etapa final com a entrada de Gustavo, autor do primeiro gol e da penalidade sofrida que resultou na virada após Bruno Melo converter.

Com 43 pontos, o Fortaleza não terá muito tempo para descansar. O time retorna a campo às 20h30min da terça-feira, 21, para enfrentar o CRB no estádio Rei Pelé, em Maceió. Já o Boa Esporte recebe o Figueirense no mesmo dia e horário.

O JOGO

Antes mesmo da primeira volta do relógio o Tricolor quis surpreender. Dodô roubou a bola no meio-campo, avançou e arriscou de fora de fora da área. Goleiro Fabrício foi buscar e mandou para escanteio. Enquanto o Boa esperava por um vacilo para tentar sair no contra-ataque, o time de Rogério Ceni tentava propor o ritmo da partida.

Somente aos 20 minutos, o Fortaleza veio criar outra chance de perigo. Ederson recebeu o arremesso lateral dentro da grande área, girou tirando do zagueiro e acertou um chute forte que mais uma vez parou na defesa do camisa um do time mineiro.

O que se viu depois foram passes precipitados e finalizações sem grande perigo, que acabaram deixando o bom público presente no Castelão impaciente. Depois da parada técnica, a partida continuou sem grandes emoções. O time Tricolor começou a explorar mais os contra-ataques pelas laterais e apostar nos cruzamentos, mas sem nenhuma efetividade.

Aos 46 minutos, Bruno Melo teve uma boa oportunidade de cabeça, mas viu Fabricio defender mais uma vez. O árbitro Jean Pierre assinalou mais três minutos complementares, mas o primeiro tempo começou como terminou, sem gols.

Na segunda etapa, o técnico Rogério Ceni resolveu mudar e colocou Gustavo no lugar de Ederson, mas logo no início veio o balde água fria. Aos dois minutos, após jogada individual, Alyson tabelou pela esquerda e abriu o marcador para o Boa Esporte.

A reação do Fortaleza não demorou. Aos quatro minutos, Dodô levantou a bola para área e achou Gustavo que cabeceou sem chances para o goleiro deixando tudo igual no placar.

Com a entrada de Gustavo o time ficou mais ofensivo e com um homem fixo na área começou a criar mais chances na partida. Cabia ao Boa Esporte se defender. Aos 22 minutos, o camisa 9 do Fortaleza foi puxado dentro da área e o árbitro assinalou a penalidade que em seguida foi convertida por Bruno Melo.

A partida ficou morna e os times até que arriscaram, mas não transformaram em gol. Aos 46 minutos, Bruno Tubarão quase empatou a partida após arriscar um chute de longe. O placar ficou inalterado e o Tricolor conquistou a quarta vitória consecutiva do time de Rogério Ceni.

Fonte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *