Foto: Divulgação

Com Fred no comando, Atlético utiliza time misto para enfrentar o rebaixado Santa Cruz

Galo busca vitória no Recife para seguir sonhando com o G3 do Brasileirão

O foco está voltado para a decisão da Copa do Brasil. Neste domingo, às 19h30, no Estádio Arruda, no Recife, o Atlético visita o rebaixado Santa Cruz para voltar a vencer no Campeonato Brasileiro e manter acesa a chama de vaga no G3, que vale vaga na fase de grupos da Copa Libertadores. No entanto, os principais jogadores alvinegros ficaram em Belo Horizonte, se preparando para a decisão do torneio mata-mata, que começa na quarta-feira.

Para o duelo no Recife, o Galo será comandado por Fred. Artilheiro do Campeonato Brasileiro, ao lado de Diego Souza, ambos com 13 gols, o atacante não pode jogar na Copa do Brasil. Por isso, será utilizado por Marcelo Oliveira. Ele será a referência em campo e tentará ampliar sua marca na competição.

Outros dois jogadores também são considerados titulares do Atlético e estarão em campo. Um deles é o volante Rafael Carioca, que briga por vaga no time com Leandro Donizete e Júnior Urso. Suspenso na Copa do Brasil, ele começa jogando no Recife.

O outro é Marcos Rocha. O lateral-direito está recuperado de duas graves lesões em sequência, que o afastaram do time por muito tempo. Depois de pouco mais de dois meses após seu último jogo, ele vai em busca de ritmo para ficar melhor preparado para o jogo contra o Grêmio.

O jogador se mostrou bem feliz por voltar ao time alvinegro na reta final da temporada 2016. “Estou bastante feliz, contente. Recuperei de uma lesão séria no cotovelo e outra na coxa. É muito ruim ficar naquela solidão da fisioterapia. Estou voltando em um momento bom. Espero contagiar o grupo, meus companheiros. Muitos não vão ter essa oportunidade. É bom ter essa animação maior. A oportunidade vai aparecer. Esperamos fazer um grande jogo”, disse Rocha, que jogou em apenas 37 dos 71 jogos do Galo no ano.

Marcelo Oliveira vai aproveitar a partida para observar jovens jogadores. O jovem Jesiel vai fazer sua segunda partida como profissional. Cícero, volante do time sub-20, pode começar jogando caso Lucas Cândido não tenha condições. Foram relacionados ainda outros jogadores do time júnior, casos de Nathan, Matheus Roldan, Thalis, Capixaba e Luiz Guilherme.

Neste domingo, o Galo vai tentar quebrar o jejum de vitórias no Campeonato Brasileiro. Depois da goleada sobre o Figueirense, pela 32ª rodada, o Atlético empatou com Flamengo, perdeu para o Coritiba e empatou com o Palmeiras, ficando sem chances de título e mais afastado do G3. O Alvinegro soma 61 pontos, cinco a menos que o terceiro colocado Flamengo. Quem terminar na posição garante vaga direta na fase de grupos da Libertadores.

Rival rebaixado

O Santa Cruz foi rebaixado na última rodada e voltará à Série B em 2017. O time vive crise financeira. Funcionários não recebem há seis meses. Jogadores estão com três meses de salário atrasado e, mesmo assim, tentam ajudar pessoas do clube com doação de dinheiro, alimentos e material esportivo. O inferno astral é cada vez maior. Mesmo assim, o time pensa em terminar a temporada com dignidade.

“O importante é pontuar, principalmente nestes dentro de casa, junto da torcida. São jogos para tentarmos fazer o melhor”, declarou. “Por cada um do clube, pela profissão que cada um escolheu, não se pode jogar a toalha. Pior que estar pode ficar. A gente não pode relaxar. Tem que seguir na linha de entrega e dedicação para acabar o campeonato, pelo menos, com dignidade”, disse o técnico interino Adriano Teixeira.

SANTA CRUZ X ATLÉTICO

SANTA CRUZ
Tiago Cardoso; Vitor, Neris, Danny Morais e Roberto; Marcílio, Jadson, João Paulo e Leonardo Moura; Keno e Grafite
Técnico: Adriano Teixeira

ATLÉTICO
Giovanni; Marcos Rocha, Edcarlos, Jesiel e Leonan; Rafael Carioca, Lucas Cândido (Cícero), Carlos Eduardo e Cazares; Clayton e Fred
Técnico: Marcelo Oliveira

Estádio: Arruda, no Recife
Motivo: 36ª rodada do Campeonato Brasileiro
Data e Hora: Domingo, 20 de novembro, às 19h30
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)
Assistentes: Rodrigo Henrique Corrêa e Dibert Pedrosa Moisés (RJ)

Fonte

cta_finalpost_atletico

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *