Bahia e Vitória: entenda a rivalidade entre os dois times

Bahia e Vitória: entenda a rivalidade entre os dois times

Com certeza, o esporte perderia muito se não houvesse tantas disputas como Cruzeiro e Atlético Mineiro, Flamengo e Fluminense, Internacional e Grêmio, Palmeiras e Corinthians, e é claro, Bahia e Vitória. Os dois times de Salvador são responsáveis pela maior rivalidade no futebol da região Nordeste.

O que seria o futebol sem a rivalidade? Sem a emoção e a expectativa do “grande clássico”? Sem aquele frio na barriga quando o seu time enfrenta o antagonista, o mais feroz dos inimigos? Dê uma olhada na história do Bahia e Vitória!

O começo

A história do Ba-Vi começou na década de 30, quando ocorreu o primeiro jogo entre os dois times. Porém, naquela época, havia uma grande disparidade entre os clubes, até mesmo no que diz respeito ao foco dos dois. O Bahia era um time ainda na sua infância, tinha sido inaugurado no ano anterior ao jogo (1931) e já de cara tinha sido campeão do campeonato baiano; já o Vitória, clube fundado em 1899, não dava muita atenção ao futebol e tinha como prioridade o remo.

Primeiro jogo

O primeiro Ba-Vi teve ainda mais uma peculiaridade: o jogo, válido pelo Torneio Início do Estadual, que era uma preliminar do campeonato baiano, teve apenas 20 minutos. O Vitória ainda não tinha um time profissional e acabou perdendo o jogo por 3 a 0.

O primeiro jogo de 90 minutos foi disputado também em 1932 e, mais uma vez, o Bahia derrotou o Vitória por 3 a 0. O primeiro êxito do rubro-negro só viria a acontecer dois anos mais tarde, com o placar de 4 a 3.

Mas as vitórias do Bahia eram muito mais frequentes e as goleadas também. Afinal de contas, o Vitória só se profissionalizou em 1953.

Década de 50

Foi na década de 50 que surgiu a grande rivalidade entre os clubes, quando eles se tornaram os maiores do estado da Bahia, o que explica a polarização dos “tifosi” soteropolitanos e baianos em geral. Em futebol, é sempre importante ter um rival “à mão”, para as infindáveis discussões e gozações.

Hoje em dia

A história recente dos confrontos Ba-Vi mostra que a rivalidade está mais acesa do que nunca. Enquanto o Bahia leva a vantagem no número de vitórias e de gols marcados, o Vitória está na dianteira em goleadas recentes, incluindo uma de 5×1 no Campeonato Baiano de 2013.

Há quem diga que o avanço atual do rubro-negro se dê por conta do Estádio Manoel Barradas, mais conhecido como Barradão, inagurado em 1986. Esperava-se uma maior hegemonia do tricolor baiano desde a conquista do Campeonato Brasileiro de 1988, mas não foi bem assim que a história continuou.

O Vitória reagiu e conquistou a maioria dos campeonatos estaduais desde então e manteve acirrada a disputa do maior clássico do Nordeste. Os dois times, agora na série B do Brasileirão, estão bem próximos na disputa por vagas para a série A de 2016.

Ficha Técnica

  • Bahia — 177 vitórias, 630 gols;
  • Vitória — 149 vitórias, 561 gols;
  • Empates — 146;
  • Primeira partida — Bahia 3×0 Vitória, 10 de abril de 1932 (Campo da Graça, Salvador);
  • Última partida — Vitória 4×1 Bahia, 4 de julho de 2015 (Barradão, Salvador).

Entendeu melhor a rivalidade entre esses dois timaços? Deixe um comentário para a gente!

cta_finalpost_bahia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *