Macaé vence o Boavista e sobe na tabela

Macaé vence o Boavista e sobe na tabela

Com gol do atacante Pipico, Alvianil ganha o seu segundo duelo no Carioca e pula para a 7ª colocação

Com uma postura mais agressiva em relação à partida contra o Bonsucesso, o Macaé Esporte conquistou a sua segunda vitória no Campeonato Carioca. Com gol do atacante Pipico, o time dirigido pelo técnico Josué Teixeira derrotou o Boavista por 1 a 0 neste domingo (22) à tarde, no Moacyrzão. É o primeiro jogo que o Alvianil Praiano não sofre gol na competição.

Com esta vitória, o Leão chegou aos nove pontos na Taça Guanabara e subiu duas posições na tabela: pulando de 9º para o 7º lugar. Já a equipe da Região dos Lagos permanece na lanterna do Estadual com apenas um ponto conquistado após seis rodadas. No próximo sábado (28), o Macaé recebe o Tigres, às 16h, no Moacyrzão. Já o Boavista entra em campo no domingo (1º), quando enfrenta o Volta Redonda em Bacaxá, também às 16h.

O jogo
Clássico de muita rivalidade, Macaé e Boavista entraram em campo buscando se reabilitar dos resultados da rodada anterior. Jogando em casa, o Alvianil Praiano tomou a iniciativa na etapa inicial. Mas, logo aos 13min, o Leão perdeu o meia Aloísio, com um incômodo na posterior da coxa esquerda. Josué Teixeira promoveu a entrada do apoiador Fernando Santos, que acabou sendo um dos destaques do time.

Já o Boavista, que tinha a estreia do técnico Waldemar Lemos, assustou aos 17min em chute de fora da área do lateral-esquerdo Jeff Silva. Bem colocado, Ricardo Berna defendeu em dois tempos, sem dar chances de rebote para Anselmo. Entretanto, após a parada técnica, o Macaé chegou ao gol. Aos 22, Eberson cobrou escanteio pela direita, Brinner cabeceou no travessão e a bola sobrou para Pipico estufar para as redes.

Para o segundo tempo, Waldemar Lemos fez duas mudanças no Boavista: saíram Thiaguinho e Fábio Azevedo para as entradas de Yago e Cláudio Pagodinho, respectivamente. Apesar de a equipe de Saquarema ter ficado mais ofensiva, quem esteve perto de ampliar foi o Macaé. Aos 10, Pipico cobrou falta da entrada da área, Marcelo Carné fez boa defesa e Fernando Santos quase marcou no rebote. A melhor chance dos visitantes foi aos 14, em balaço de Francismar de fora da área. Berna fez grande intervenção.

A partir da segunda metade da etapa final, o Boavista se lançou ao ataque, mas sempre pecava no último passe e nas finalizações. Cansados, Eberson e Giancarlo foram substituídos e deram lugar a Juninho e Alisson, respectivamente. Mesmo pressionado, o Macaé teve a chance de “matar” o jogo nos contragolpes. No fim, o Leão segurou o resultado que o recolocou na briga por uma vaga no G4 do Carioca.

Juniores – Na preliminar, o Macaé não tomou conhecimento do Boavista e goleou o rival por 5 a 0. Bruno Tanque e Vitinho, duas vezes cada, e Lecinho marcaram os gols do Alvianil Praiano. Com o resultado, o Leão assumiu o sétimo lugar na Taça Guanabara, com 10 pontos. Já o time de Bacaxá, assim como o profissional, segura a lanterna com nenhum ponto conquistado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *