Juninho comemora boa fase como meia no Bahia

Juninho comemora boa fase como meia no Bahia

Juninho chegou ao Bahia como um volante. Bom passe, chutes de fora da área e movimentação o colocavam como candidato a ocupar a função de jogador de transição no meio de campo tricolor. Doriva, no entanto, enxergou potencial para o atleta atuar de outra forma. Com a camisa 10, o jogador se tornou um meia, principal responsável pela articulação da equipe e, quando possível, também um finalizador.

Contra o Fortaleza, nas quartas de final da Copa do Nordeste, Juninho foi essencial. Como meia, marcou três gols e contribuiu decisivamente para a classificação para as semifinais do torneio regional. Neste domingo, após o empate em 1 a 1 com o Leão do Pici, na Arena Fonte Nova, ele comemorou a fase goleadora e destacou a raça do time ao jogar com boa parte do jogo com um jogador a menos – Paulo Roberto foi expulso no primeiro tempo.

– No futebol atual, correr com um jogador a menos não é fácil. Ainda mais correndo mais de 70% do jogo atrás dos caras. Sou segundo volante. Sempre joguei marcando e chegando de surpresa no ataque. Hoje jogo mais na frente e agradeço a Deus pelos gols – comentou na saída de campo, em entrevista concedida à rádio CBN, de Salvador.

Com a classificação, o Bahia enfrenta o Santa Cruz nas semifinais da Copa do Nordeste. A primeira partida será realizada no dia 13 deste mês, em Pernambuco. O segundo e decisivo confronto será no dia 17, em Salvador.

Fonte:

cta_finalpost_bahia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *