Equipe do Vôlei Taubaté comemorando a vitória num dos maiores campeonatos do Brasil
Foto: Danilo Sardinha GloboEsporte.com

Vôlei: quais são as competições mais interessantes do Brasil e no mundo?

Você sabia que o Brasil é uma potência mundial quando o assunto é competição de vôlei? A cultura dessa modalidade vem crescendo no país desde a década de 90, quando as seleções nacionais começaram a trilhar um caminho de conquistas nas maiores competições de vôlei mundo afora.

Desde então, as seleções e clubes brasileiros representam uma referência no vôlei. Prova disso é o grande número de títulos distribuídos entre os representantes do país — são títulos da Liga Mundial, Grand Prix, torneios olímpicos, entre outros.

Neste post, você vai explorar mais a fundo o mundo da competição de vôlei e saber mais sobre sua história no Brasil e no mundo. Por isso, continue a leitura!

O que você sabe sobre competição de vôlei e sua história?

História do vôlei

Sabia que o vôlei foi criado nos Estados Unidos? Sim, foi na cidade de Holyoke em Massachusetts onde tudo começou no ano de 1895. William G. Morgan era diretor de educação física da Associação Cristã de Moços (ACM) e sentiu a necessidade de inventar uma atividade física menos vigorosa para poder incluir os mais velhos.

No início, usavam uma rede de tênis mesmo. Ela era esticada a uma altura de 1,98 m e os jogadores rebatiam a bola de um lado para o outro. Quer ver uma curiosidade? Visto que ainda não havia sido desenvolvida uma bola ideal para a prática do esporte, eles jogavam com a câmara de ar da bola de basquete, mas, ainda assim, era mais pesada que o ideal.

O vôlei foi ganhando novos adeptos e já em 1900 estava também no Canadá e era chamado de mintonette. Depois disso, chegou rapidamente ao Japão, China, México e países europeus. Em 1910, o Peru se tornou o primeiro país da América do Sul a conhecer o esporte.

Já que estamos falando sobre competição de vôlei, o primeiro torneio sul-americano foi realizado pela então Confederação Brasileira de Desportos (CBD) em 1951 e o Brasil foi campeão no masculino e também no feminino!

Regras do vôlei

Uma equipe de vôlei conta com 6 jogadores em quadra e um técnico. Cada time ocupa um lado da rede para trocar passes, atacar o adversário e tentar marcar um ponto. Ao completar 25 pontos com 2 de vantagem, conquista-se um set. A partida é constituída de até 5 sets e o primeiro time que fizer 3 é o vencedor.

O quinto set é necessário em caso de empate por 2 sets a 2. É importante lembrar que, depois do saque (o toque inicial que obrigatoriamente deve cruzar a rede), a equipe só pode tocar 3 vezes na bola antes de passá-la para o outro lado. Não existe um prazo determinado para cada set como acontece em cada um dos dois tempos do futebol, por exemplo.

O ponto é marcado quando a bola toca o chão da quadra adversária ou quando a outra equipe não consegue fazer com que a bola cruze a rede para o outro lado.

A importância da prática do vôlei

A prática esportiva é um santo remédio. Melhora a atividade cardiovascular e também a capacidade respiratória, além de ajudar nas capacidades físicas funcionais, coordenação motora e fortalecimento muscular.

Além de ser muito benéfico para o corpo, esse esporte é bem inclusivo. Pode ser praticado por quem já tem um bom preparo físico, mas também é ótimo para crianças, pessoas mais velhas e com mobilidade reduzida. O vôlei sentado, como é chamado no Brasil, ou paraolímpico, é um exemplo perfeito de como essa atividade pode ser praticada por qualquer pessoa.

Quais são as principais competições de vôlei do mundo?

Liga Mundial

Criada em 1990, a Liga Mundial é o principal torneio do vôlei masculino entre seleções. Organizado pela FIVB (Federação Internacional de Voleibol), a Liga Mundial de Vôlei é disputada anualmente e se tornou um dos principais eventos da modalidade no mundo todo.

Contando com 9 títulos, o Brasil é o maior vencedor atualmente. Em 2017, a fase final da Liga foi disputada em Curitiba e a França acabou ficando com o ouro, batendo o Brasil na decisão.

A disputa acontece em uma fase preliminar, em grupos e jogos de ida e volta. Os classificados jogam pelo grande título na fase final, e o torneio acontece em um país-sede.

Grand Prix

O Grand Prix é o torneio mais importante do vôlei feminino depois do Torneio Olímpico: ele está para a modalidade no feminino assim como a Liga Mundial está para o masculino. Criado em 1993, o Grand Prix teve a seleção de Cuba como sua primeira campeã.

O torneio é um enorme sucesso na Ásia, onde países de tradição como Japão, China e Coreia do Sul atraem muita audiência no vôlei feminino. Por isso, a maioria das fases finais acontecem nesse continente.

Normalmente, o modelo é parecido com o da Liga Mundial, em que ocorre uma fase preliminar e a fase final no país-sede com os qualificados. O Brasil também domina a modalidade: são 12 títulos na história, número que fez do país o maior vencedor da competição e atual campeão.

Torneio Olímpico

O vôlei entrou no programa olímpico em 1964, nos Jogos de Tóquio, no Japão. Antes, ele já havia sido disputado como um evento especial de apresentação à modalidade.

Por meio da Copa do Mundo e de torneios qualificatórios continentais e mundiais, 11 países se classificam e se juntam ao país-sede, formando os doze em cada evento: masculino e feminino.

Então, dois grupos com seis equipes são formados conforme o ranking mundial. As equipes jogam entre si, todas contra todas, e as quatro melhores — classificadas conforme a pontuação somada — avançam para as fases finais.

Em cruzamentos simples, o torneio continua até que se conheça o campeão olímpico. Uma potência recente, o Brasil soma 5 medalhas de ouro, 3 de prata e 2 de bronze no vôlei masculino e feminino.

Uma curiosidade é que a partir de 1996, em Atlanta, nos Estados Unidos, o vôlei de praia também entrou no programa olímpico. A novidade impactou a modalidade do evento como um todo e expandiu o leque de vitórias do Brasil.

Superliga de vôlei

A Superliga foi criada em 1994 depois que a Liga Nacional foi disputada em 6 ocasiões. A primeira edição contou com 22 times, sendo 12 masculinos e 10 femininos. Quem faturou o título entre os homens foi o Frangosul/Ginástica, do Rio Grande do Sul, e, entre as mulheres, o Leite Moça, de Sorocaba, São Paulo.

O Telemig Celular de Minas Gerais conseguiu sua ascensão na temporada 1999/2000, conquistando o título com a equipe masculina. A partir daí, a hegemonia mineira imperou por mais duas temporadas. O time feminino que trouxe a taça para os mineiros pela primeira vez foi o MRV/MG na edição 2001/2002. Na mesma ocasião, o Minas conquistava o tricampeonato!

Em 2017/2018, essa competição de vôlei contou com 24 times igualmente distribuídos entre os gêneros, 12 masculinos e 12 femininos. E os mineiros faturaram em grande estilo, o Dentil/Praia Clube de Uberlândia com as mulheres e o SADA Cruzeiro com os homens.

Liga das nações

É uma competição de vôlei bem recente, criada apenas em 2018. A primeira edição foi disputada entre 15 de maio e 8 de julho e foi considerada um marco na história do esporte. Esse campeonato é anual e disputado por 16 equipes masculinas e 16 femininas, totalizando 32 times se enfrentando.

São 12 seleções principais e 4 desafiantes, sendo que, na fase inicial, são disputadas 120 partidas e, no final, mais 10. Todas as equipes principais recepcionam ao menos um jogo, o que ajuda muito a interagir com a torcida e a divulgar ainda mais o vôlei pelo mundo.

Quais as seleções mais prestigiadas do vôlei?

Brasil

O Brasil é uma grande potência quando o assunto é competição de vôlei. Já conquistou todos os grandes campeonatos e está sempre disputando entre os primeiros colocados. Com a seleção masculina, já ganhou 22 medalhas de ouro em títulos mundiais!

Em 2008, a equipe feminina conquistou sua primeira medalha de ouro em olimpíadas, mas é a maior ganhadora do Grand Prix, com 12 vitórias contabilizadas.

Rússia

A Rússia pode ser considerada a segunda melhor seleção, já que conquistou 19 medalhas de ouro em títulos internacionais. Um detalhe importante: em número de medalhas de prata e bronze, a Rússia, com 48, supera o Brasil, que tem 43, lembrando que a Rússia herdou todos os títulos da extinta União Soviética.

Itália

A Itália tem 19 medalhas de ouro e 34 no total. É um time verdadeiramente tradicional no esporte e sempre sinônimo de preocupação quando a seleção brasileira vai enfrentá-los. Atualmente, ocupa a quarta posição no ranking mundial.

Polônia

A seleção polonesa masculina tem fama de ser uma das maiores seleções de vôlei do mundo e não é para menos! Ocupa a terceira posição no ranking mundial e vem ganhando títulos importantes e ainda mais prestígio. A seleção feminina, no entanto, não desfruta da mesma credibilidade e está ainda na vigésima segunda colocação no ranking mundial.

E aí, o que você pensa sobre competição de vôlei agora que aprendeu várias coisas do assunto? É claro que ficou com vontade de jogar um pouquinho ou de ir a um grande jogo, não é? Então, que tal chamar os amigos para curtir juntos as emoções do mundo do vôlei?

Se gostou do texto, siga a gente nas redes sociais para ficar por dentro de mais conteúdos bem legais como esse, ok? Estamos no Facebook, Twitter, LinkedIn e YouTube. Até mais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *