Você conhece as regras do vôlei?

Você conhece as regras do vôlei?

O vôlei era um esporte pouco valorizado no Brasil até os anos 1980: naquela época, ele era considerado um “jogo de meninas”, enquanto o futebol era um “jogo de meninos”. Mas com a conquista da medalha de prata pela equipe masculina nas Olimpíadas de Los Angeles, em 1984, a história do vôlei mudou no país.

Hoje, esse esporte está entre os preferidos dos brasileiros e é bastante praticado nas ruas e escolas. Mesmo assim, muita gente ainda não sabe quais são as regras do vôlei.

Você as conhece? No post de hoje, vamos te ajudar a entender melhor as regras desse esporte tão popular. Confira!

História do vôlei

O volleyball teve sua origem nos Estados Unidos em 1895. O propósito de William George Morgan era criar um esporte de equipes em que os adversários não tivessem contato físico, a fim de reduzir o risco de lesões. Para isso, Morgan buscou misturar elementos do tênis e do basquete, resultando no vôlei.

As primeiras regras surgiram em 1897, possibilitando que o esporte fosse praticado tanto em locais abertos, como parques e praias, quanto em lugares fechados, como quadras e ginásios. Em 1915, a prática foi introduzida no Brasil pela Associação Cristã de Moços de São Paulo, espalhando-se por todo o território nacional.

Principais regras do vôlei

Nos jogos de vôlei, a disputa acontece entre duas equipes, cada uma com 6 atletas em quadra e 6 na reserva. Entre os jogadores em quadra, um deles pode ser o líbero, atleta responsável pela recepção e defesa da bola. Veja abaixo as principais regras deste esporte:

  • normalmente, um jogo de vôlei tem 5 sets, sem tempo definido;
  • para terminar um set, uma das equipes tem que alcançar 25 pontos, com 2 pontos de vantagem sobre o adversário. Caso não exista essa vantagem, a partida prossegue até que uma das equipes abra 2 pontos de diferença;
  • a partida começa com o saque e, após o apito do árbitro, o jogador tem 8 segundos para efetuá-lo;
  • após o saque, cada equipe poderá tocar até três vezes na bola, sendo proibido dois toques seguidos por um mesmo jogador. É importante lembrar que o toque no bloqueio não conta;
  • toda vez que a equipe adversária sacar e sofrer um ponto, o outro time deve fazer um rodízio na posição dos jogadores que estão em quadra;
  • no bloqueio, os jogadores podem tocar na bola além da rede, entretanto essa ação não pode interferir no golpe de ataque do outro time;
  • quando a bola cai fora das linhas demarcatórias ou toca nas antenas e nos cabos, ela é considerada fora. O mesmo acontece quando ela cruza o espaço fora das antenas;
  • os atletas não podem pisar na quadra adversária nem tocar na rede.

Pontuação

Em um campeonato, vitórias por 3 x 0 ou 3 x 1 garantem 3 pontos. Vitórias por 3 x 2, somam 2 pontos e derrotas por 2 x 3 dão ao time derrotado 1 ponto. No caso do time perder por 0 x 3, ele não ganha nenhuma pontuação. Se o time não comparecer à partida, ele perde 2 pontos.

Período de intervalo das partidas

De acordo com as regras, os intervalos entre os sets duram 3 minutos. Esse tempo pode sofrer alguma alteração quando os confrontos são televisionados. Nesses casos, a duração dos intervalos tem que ser acordada com os times e a Confederação Brasileira de Vôlei.

Movimentos do vôlei

A seguir, estão listados os 5 movimentos que ocorrem em uma partida de vôlei:

  • saque: esse é o primeiro movimento da bola, a qual deve atravessar a quadra e atingir a equipe adversária;
  • recepção: ocorre quando a equipe defende o saque;
  • levantamento: ocorre quando a bola é trocada entre os jogadores do mesmo time após a recepção;
  • ataque: lançamento da bola para o campo da outra equipe;
  • bloqueio: movimento feito pelos jogadores da rede para impedir o ataque adversário.

Agora que você conhece melhor esse esporte, já está preparado para curtir os próximos jogos! Restou alguma dúvida sobre as regras do vôlei? Deixe sua pergunta pra gente nos comentários!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *