Técnica espera casa cheia no próximo jogo do América

Técnico espera casa cheia no próximo jogo do América

Vice-líder do Campeonato Brasileiro da Série B, o América-MG vem mostrando que está forte na briga por uma vaga na elite do futebol brasileiro em 2016. Mesmo com um investimento bem menor que os principais concorrentes ao acesso (Botafogo, Vitória, Bahia e Criciúma), o Coelho faz uma boa campanha e se mantém na parte de cima da tabela desde o início da competição. Diferentemente do que fazem à maioria dos treinadores brasileiros, Givanildo Oliveira preferiu dar méritos ao grupo de jogadores, em detrimento a programação fora de campo.

– (A boa campanha) se deve, principalmente, aos jogadores. Foi feito um trabalho. É o que se fala muito no futebol: planejamento. Muita gente se ilude com isso. Planejamento você só faz na vida, ou em qualquer profissão, principalmente no futebol, quando se tem condições de fazer, principalmente na parte financeira. Então, foi feito um acordo de aproveitar a base, coisa que talvez nem precisasse ser feita, porque eu e outros treinadores sempre aproveitamos a base.   

Casa cheia

Empatado com o Vitória em 36 pontos, levando desvantagem apenas no saldo de gols (12 contra 10) o América-MG encerra o primeiro turno no próximo sábado, às 16h30 (de Brasília), no Independência. Enfrenta o terceiro colocado Botafogo. Para a partida que pode valer a liderança do campeonato ao Coelho, Givanildo espera muitas dificuldades e convoca o torcedor para apoiar a equipe em busca da vitória.

– É um jogo decisivo, o Botafogo é um time que está disputando a competição em reformulação, aproveitando muitos jogadores da base, está melhorando de produção. Da torcida eu espero, e peço mais uma vez, que eles compartilhem disso daí, que o time está bem. Chamo o torcedor, nós precisamos. É difícil colocar 10 mil pessoas no estádio, mas seria muito bom que acontecesse isso.

Fonte:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *