Foto: Divulgação

Taubaté Vôlei joga em casa para voltar à vice-liderança

Time recebe o Montes Claros nesta segunda e fecha a rodada da Superliga

No jogo que fechará a sexta rodada da Superliga Masculina de Vôlei, o Taubaté voltará a a atuar diante da torcida. Nesta segunda-feira, às 20h, receberá o mineiro Montes Claros no ginásio do Abaeté e uma vitória de três recolocará o time na vice liderança.

Os demais jogos da sexta rodada já foram realizados. O Cruzeiro manteve a liderança com 100% de aproveitamento, acumulando seis vitórias de três pontos (3 sets a 0, ou 3 a 1). O Campinas e o Sesi assumiram provisoriamente a vice-líderança, com 16 pontos.

O Taubaté, que soma 14 pontos depois de quatro vitórias de três pontos e um de dois (3 sets a 2), terá a chance de totalizar 17 e voltar à segunda posição. O Montes Claros, com nove pontos, quer continuar na zona de classificação formada pelo oito melhores.

No site oficial da Superliga, o jogo foi destacado no seguinte texto:

Depois de cinco jogos já realizados, a sexta rodada do turno da Superliga masculina de vôlei 2016/2017 será encerrada nesta segunda-feira (28.11), com o duelo entre Funvic Taubaté (SP) e Montes Claros Vôlei (MG). A partida será às 20h, no ginásio do Abaeté, em Taubaté (SP), com transmissão ao vivo do SporTV.

Com um jogo a menos do que os três primeiros colocados, a equipe de Taubaté aparece na quarta colocação, com 14 pontos e cinco vitórias nos jogos já disputados. O time de Montes Claros está logo abaixo, em quinto, com nove pontos somados em três resultados positivos e dois negativos – e também com uma partida a menos.

Nesta segunda-feira, o técnico do Funvic Taubaté, Cezar Douglas, espera que seu time mantenha o bom retrospecto e mantenha a invencibilidade na competição.

“O nosso time está mais consistente na virada de bola, vem melhorando o percentual a cada rodada. Isso é muito importante para os próximos confrontos. O Montes Claros tem uma sequência forte de saque viagem e também é agressivo no flutuante, por isso, precisamos estar bem posicionados para cada sacador. Assim acredito que conseguiremos manter a eficácia no side out”, disse Cezar Douglas.

O treinador do Montes Claros Vôlei, Marcelinho Ramos, também espera um resultado positivo. Segundo ele, o time treinou bastante nos últimos dias.

“O jogo contra o Funvic Taubaté é mais um difícil que enfrentaremos nesta Superliga. Além da técnica, essa é uma partida que tem uma imposição física muito grande e vamos jogar contra uma equipe candidata ao título. De toda forma, eu acredito que o nosso time consiga reverter essa dificuldade, estamos treinando intensamente para isso”, afirmou Marcelinho Ramos.

Os dois times contam com destaques individuais nas estatísticas oficiais da Superliga. No saque, o Funvic Taubaté tem o terceiro melhor, o central Éder, enquanto o levantador Índio, do Montes Claros Vôlei, é o sexto. A equipe mineira ainda tem o segundo melhor jogador de recepção, o ponteiro Bob.

No ataque, força paulista. O ponteiro Lucas Lóh é o terceiro nesta lista e o oposto Wallace, o quarto. Wallace aparece bem também no bloqueio, onde é o sexto melhor. Na defesa, briga dos líberos. Mário Júnior, do Funvic Taubaté, é o quinto melhor na estatística, enquanto Gian, do time mineiro, é o sexto.

Time, resultados e classificação

No Taubaté, é provável que Lucarelli novamente comece no banco de reservas, porque vem voltando de contusão e entrando aos poucos. Quarta-feira passada, nos 3 a 0 da visita ao gaúcho Bento Gonçalves, Vinícius começou na posição.

O técnico Cezar Douglas escalou o Taubaté com: Rapha, Wallace, Otávio, Éder, Lucas Lóh, Vinícius e o líbero Mário Júnior. Lucarelli, Danilo Gelinski, Kaio e Japa entraram no decorrer da partida. Isbel Mesa, Nícolas e o líbero Matheus permaneceram no banco.

A sexta rodada, nos outros jogos, teve os seguintes resultados: Cruzeiro 3 x 1 Minas, Campinas 3 x 0 Bento Gonçalves, Sesi-São Paulo 3 x 0 São Bernardo, Castro 0 x 3 Maringá e Juiz de Fora 3 x 2 Canoas.

A classificação está assim: 1º – Cruzeiro (18 pontos em 6 jogos); 2º – Campinas e Sesi (16 em 6); 4º – Taubaté (14 em 5); 5º – Juiz de Fora (10 em 6); 6º – Montes Claros (9 em 5); 7º – Bento Gonçalves (6 em 6); 8º – Minas (5 em 6); 9º – Maringá (4 em 6); 10º – São Bernardo e Canoas (3 em 6) e 12º – Castro (1 em 6).

Fonte

cta_finalpost_taubate

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *