Macaé de volta ao G-4

Macaé de volta ao G-4

Quase cinco anos depois, Macaé reencontra o Criciúma e derrota o rival por 3 a 0 no Heriberto Hülse

A ferida aberta finalmente foi cicatrizada. Quase cinco anos depois, o Macaé reencontrou o Criciúma e goleou o adversário por 3 a 0 neste sábado (06) à tarde, em pleno Estádio Heriberto Hülse, em confronto válido pela sexta rodada da Série B do Brasileiro. Em 2010, as duas equipes disputaram uma vaga na segundona nacional e a equipe catarinense levou a melhor. Após perder de 3 a 2 de virada, no Moacyrzão, o Tigre venceu por 2 a 0 em casa, em partida cheia de polêmicas.

Durante este período, o Macaé ainda disputou mais quatro vezes a Série C, até a conquista do acesso e do título Brasileiro em 2014. Já o Criciúma chegou até a Série A, porém acabou rebaixado na última temporada. Com o triunfo deste sábado (06), o Alvianil Praiano voltou ao G-4, ocupando o terceiro lugar com 13 pontos, um a menos do que os líderes Botafogo e Náutico. O Tigre, por sua vez, caiu para a 14º posição, com seis pontos. No próximo sábado (13), o Macaé recebe o Bragantino, às 21h, no Moacyrzão.

Macaé segura a pressão e decide no segundo tempo

Mesmo desfalcado do volante Gedeil e do meia Aloísio, lesionados, o Macaé se portou bem no Heriberto Hülse. Apesar de os donos da casa terem ficado mais com a bola, o Leão teve as chances mais claras. Aos 14min, Juninho deixou Fernando Santos sozinho dentro da área. O meia tentou tocar a bola no canto, porém o goleiro Luiz conseguiu se esticar e fazer uma grande defesa, salvando o time mandante de levar o primeiro gol.

A resposta do Criciúma veio em uma boa jogada de Paulo Sérgio. Depois de iniciar o contra-ataque, ele tocou para Juba e recebeu de volta já na área. O atacante arriscou a finalização cruzada, só que Ricardo Berna conseguiu fazer a defesa, aos 22 minutos. O jogo continuou aberto e a trave salvou o Criciúma aos 27. Fernando Santos arriscou um chute de maneira estranha, mas surpreendeu o goleiro Luiz, que só tocou com a ponta dos dedos, o suficiente para que a bola fosse no poste e não entrasse.

As emoções, entretanto, ficaram para a etapa final. O Macaé voltou mais disposto e abriu o placar aos 5min. Pipico fez boa jogada pela esquerda e cruzou para Anselmo, que dominou e finalizou com classe de pé esquerdo, sem chances para o goleiro Luiz. Dois minutos depois, foi a vez de Pipico fazer grande jogada individual, passar por dois zagueiros e bater rasteiro dentro da baliza. O camisa 7 é o artilheiro do Macaé na Série B com quatro gols.

Atrás no placar, o Criciúma foi para frente e o goleiro Ricardo Berna começou a ter trabalho. Na melhor chance, entretanto, a trave salvou o Leão. Jefferson levantou para a área e Lucca acertou o poste direito em um bonito cabeceio. Já ao final da partida, com 44 minutos, o Macaé chegou ao terceiro gol, com Henrique tocando na saída de Luiz. Final: Macaé 3 x 0 Criciúma.

Fonte: Assessoria de Imprensa Macaé

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *