Léo Silva busca elevar a moral do Galo

Léo Silva busca elevar a moral do Galo

Líder nato e principal elo entre o técnico Levir Culpi e os jogadores, o zagueiro Leonardo Silva tratou de assimilar, rapidamente, o golpe do empate em Joinville. E passou a trabalhar o psicológico para ter condições de elevar o moral dos companheiros. De acordo com o capitão do Galo, pouco tempo depois de o time alvinegro saber da vitória do Corinthians sobre o Figueirense, conversou com o grupo. Ainda no vestiário da Arena Joinville, o assunto já era uma forma de aproximação ao líder e incessante busca pelo título.

– Coloquei o time no lugar para que ninguém desanime, ninguém perca o controle. Temos que continuar animados, porque nosso objetivo é ser campeão. Eles (Corinthians) aumentaram a diferença, mas temos 10 jogos para diminuir e chegar ao título. Matematicamente tudo é possível. Por isso, estamos conscientes que temos que continuar na luta. É ir jogo a jogo para que possamos brigar pelo título.

Apesar de certo desânimo nas expressões, no discurso as palavras de Léo Silva surtiram efeito. Outra referência do grupo, Marcos Rocha reconheceu que o Atlético-MG depende de tropeços do rival, mas que é preciso primeiro olhar para si mesmo. O lateral exige mais gana de cada um para que o objetivo seja alcançado.

– A gente depende do Corinthians, que eles percam. Estão vivendo grande momento. Também vivemos, mas estamos vacilando um pouco em algumas situações, coisas que eles não deixam acontecer. Quando tem chance matam, e precisamos um pouco mais disso, de gana, um pouco mais de tesão na hora de fazer o gol e conseguir a vitória. Não é que falte, mas nesse momento que faltam 10 partidas temos que nos doar um pouco mais, cada um ver o que pode aumentar no nível de concentração, na parte técnica, para que a gente possa superar as adversidades e conseguir a vitória.

Thiago Ribeiro foi outro a pensar no futuro e não remoer o que ocorreu em Santa Catarina.

– Não podemos ficar lamentando isso não, todo mundo fica triste, mas ainda faltam dez jogos. Os resultados que já passaram a gente não muda, podemos mudar os que estão por vir. Então, vamos nos manter focados porque restam 30 pontos em disputa, por isso resta a esperança de tirar essa vantagem que o Corinthians tem.

Fonte:

cta_finalpost_atletico

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *