Galo tem o ataque mais positivo do Brasil

Galo tem o ataque mais positivo do Brasil

Com a vitória por 3 a 0 sobre o Santa Cruz, no último sábado, o Atlético-MG tornou-se o ataque mais positivo do futebol brasileiro em 2016. Os três marcados fizeram o time chegar à marca de 77 gols na temporada, ultrapassando o Grêmio, que tinha 75 gols e não balançou as redes com o América-MG, nesse domingo. O Tricolor ainda caiu para terceiro, já que o Santos marcou dois contra o Cruzeiro, e virou o segundo da lista com 76. O Fortaleza está empatado com o Grêmio, já que empatou por 2 a 2 com o Confiança, pela Série C. O Corinthians tem 74 com a rede balançada diante do Internacional, enquanto CRB e Ceará tem 73.

O feito atleticano se deve muito pela qualidade individual do elenco alvinegro, principalmente do ataque. O grupo conta com Robinho, Fred, Lucas Pratto, Luan, Clayton, Hyuri e Carlos. Robinho é quem comanda a artilharia. Quem mais fez gols pelo Galo no Brasileiro (sete), é o artilheiro do time também na temporada com 17 gols em 30 jogos disputados.

O vice-artilheiro na temporada é Lucas Pratto, com 10 gols. O argentino ainda ficou quase dois meses fora por causa de uma lesão na panturrilha e só retornou ao time há três rodadas. No meio-campo também tem quem marque gols, como é o caso de Juan Cazares, vice-artilheiro do Atlético-MG no Brasileiro, com seis gols, e nove no ano, com a terceira melhor marca no grupo em 2016.

O atacante Fred, que chegou há pouco tempo, já mostrou que também contribui para o melhor ataque do futebol brasileiro. Em 10 jogos, marcou cinco pelo Galo. No grupo, ele tem o mesmo desempenho que Carlos e Patric, este último sendo o jogador de defesa que mais marcou gols até aqui.

Luan já marcou quatro vezes. Clayton, com três gols, e Hyuri, dois, são os jogadores de ataque que fizeram menos ou os mesmos gols que alguns jogadores de defesa e marcação no meio-campo como Júnior Urso, com quatro gols, Leonardo Silva e Rafael Carioca, com três, Leandro Donizete, Eduardo e Tiago, dois cada um.

Dátolo, Lucas Cândido e Douglas Santos marcaram apenas um gol cada. Os quatro gols marcados no Torneio da Flórida, nas vitórias sobre o Schalke 04 por 3 a 0, e sobre o Corinthians, por 1 a 0, não são considerados por não terem sido em competição oficial. O Galo volta a campo na quinta, às 19h30 (de Brasília), contra o São Paulo, no Morumbi, pela 18ª rodada do Brasileiro.

Fonte:

cta_finalpost_atletico

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *