Flamengo vence Botafogo e mantém liderança do Brasileiro
Foto: Divulgação

Flamengo vence Botafogo e mantém liderança do Brasileiro

Matheus Sávio e Lucas Paquetá marcaram antes dos 10 minutos iniciais

Matheus Sávio teve a titularidade criticada por boa parte da torcida do Flamengo quando a escalação foi anunciada. E o prata da casa precisou de sete minutos para afastar as dúvidas. Ele foi protagonista dos dois gols do jogo. Com o 2 a 0 sobre o Botafogo no Maracanã, o rubro-negro chega aos 30 pontos. As onze rodadas na liderança já são recorde para o clube na era dos pontos corridos. Na quarta-feira, o time visita o Santos na Vila Belmiro.

Assim como já havia acontecido contra o Corinthians em sua estreia, Marcos Paquetá novamente viu seu time sofrer um gol no início. O Flamengo aproveitou-se da fragilidade de Luís Ricardo na marcação em duas jogadas seguidas e de uma noite ruim de Jefferson. O técnico soma duas derrotas, quatro gols sofridos e nenhuma anotado a favor do Botafogo. Estacionado nos 17 pontos, o alvinegro recebe a Chapecoense, no estádio Nilton Santos.

No primeiro lance, o lateral-direito do Botafogo foi caminhando para trás enquanto Matheus Sávio pedalava invadindo a área. Ele ajeitou a bola e chutou. Em câmera lenta, o goleiro alvinegro parecia fazer golpe de vista. Quando resolveu ir na bola era tarde. Ao fim do primeiro tempo, o atacante rubro-negro disse que não quis cruzar, dúvida criada devido à chegada da companheiros em boa posição na área.

— Eu busquei chutar na hora que cortei para a perna direita — garantiu o jovem de 21 anos.

Os primeiros 10 minutos foram um retrato do que aconteceu no restante da primeira etapa em que os jogadores do Botafogo não conseguiram encontrar Diego e Lucas Paquetá. Marcados sempre à distância, eles tinham tempo para pensar e encontrar companheiros em movimento. Foi com espaço no meio que os dois participaram do início da jogada do segundo gol, em que a bola foi para Matheus Sávio. Aos 7, marcado de forma displicente por Luís Ricardo, ele cruzou. Diego, de 1,75m, ganhou disputa de corpo com Igor Rabello, de 1,91m. A bola ficou viva na área e Lucas Paquetá chegou antes do vacilante Jefferson para marcar.

— O Paquetá cobrou muito os primeiros 10 minutos, mas nos desajustamos ali. Foi uma questão de organização — avaliou Jean no intervalo, quando sairia para a entrada de Aguirre na segunda etapa.

No lance do gol, Jefferson se chocou com Paquetá e quebrou alguns dentes, saindo aos 17 para a entrada de Saulo. O goleiro de 23 anos pouco foi acionado no primeiro tempo. Enquanto isso, o alvinegro saía para o jogo, mas os lances só tinham algum futuro quando passavam pelos pés de Moisés. Em jogada do lateral-esquerdo, Kieza — em noite ruim — finalizou aos 27. Cinco minutos depois, Valencia tentou em chute de longe.

Em sua primeira jogada na segunda etapa, Aguirre chutou com perigo. Lindoso também arriscou de fora, exigindo defesa de Diego Alves. Aos 13, em contra-ataque rápido, Paquetá deu bonito chute cruzado e Saulo espalmou.

Aguirre é expulso

Insatisfeito com a postura de seu time, Barbieri reclamava à beira do campo. Aos 24, ele fez duas mudanças. Saíram Guerrero, em noite pouco inspirada, e Matheus Sávio para a entrada de Lincoln e Pará. Mais tarde, Willian Arão entrou na vaga de Uribe. No Botafogo, o insosso Kieza foi substituído por Luiz Fernando.

Ao fim, o alvinegro ouviu a torcida do Flamengo cantar “olé”. No minuto final, por falta no Pará, Aguirre foi expulso.

FLAMENGO 2 X 0 BOTAFOGO

Flamengo: Diego Alves, Rodinei, Réver, Léo Duarte e Renê; Cuéllar, Lucas Paquetá e Diego; Matheus Sávio (Pará), Uribe (Willian Arão) e Guerrero (Lincoln).

Botafogo: Jefferson (Saulo), Luís Ricardo, Carli, Igor Rabello e Moisés; Jean (Aguirre), Rodrigo Lindoso, Matheus Fernandes e Léo Valencia; Rodrigo Pimpão e Kieza (Luiz Fernando).

Gols: 1T: Matheus Sávio aos 4m e Lucas Paquetá aos 7m.

Juiz: Luiz Flávio Oliveira (Fifa/SP).

Cartão amarelo: Luiz Fernando.

Cartão vermelho: Aguirre.

Público: 42.182 (39.261 pagantes).

Renda: R$ 1.121.892,60.

Local: Maracanã.

Fonte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *