Foto: Divulgação

Flamengo planeja Juan na diretoria depois de aposentadoria

Perfil favorece sequência no clube após o fim da carreira de jogador

O Flamengo renovou no início da semana passada o contrato do zagueiro Juan por mais uma temporada. No entanto, o planos do clube em relação ao defensor não param por aí e não se restringem só ao que ele pode render dentro dos gramados. Por conta das raízes, da experiência e liderança do jogador dentro do grupo, a diretoria planeja que ele ocupe alguma função no futebol depois de pendurar as chuteiras.

O cargo que Juan ocuparia ainda não foi discutido e nenhuma conversa com o zagueiro sobre isso foi feita, até porque ele ainda é um jogador. O diretor executivo de futebol, Rodrigo Caetano, confirma os planos do clube para o defensor, mas diz que isso é algo que será melhor debatida depois, atendendo o desejo do atleta.

— Talvez, no final de 2017, haja um outro plano para o Juan seguir no Flamengo e, principalmente, respeitando o desejo dele e sua futura qualificação — disse o diretor.

Caetano foi só elogios ao experiente zagueiro. Segundo ele, a renovação do vínculo já era algo programado e em nenhum momento o jogador pensou no lado financeiro. O diretor acredita que o defensor tem condições de ser muito útil ao Flamengo dentro e fora de campo.

— A renovação do Juan já era algo que estava construído, que seria uma prorrogação por mais um ano. O caso do Juan é especial. É um atleta que tem uma identificação muito grande com o clube, que só está no Flamengo porque quis voltar ao Flamengo. Ele em momento algum privilegiou a questão financeira, nem neste momento de renovação. Então ele segue, com a certeza de que ele pode nos dar o retorno técnico dentro de campo e muito fora de campo também, na questão de sua liderança positiva, por ser um exemplo — afirmou Caetano.

É por conta deste perfil que a diretoria do Flamengo não pretende perder Juan quando ele encerrar a carreira. Dentro de campo, o zagueiro já deu muitos frutos ao clube e, quando se aposentar, poderá continuar contribuindo fora das quatro linhas.

vínculo já era algo programado e em nenhum momento o jogador pensou no lado financeiro. O diretor acredita que o defensor tem condições de ser muito útil ao Flamengo dentro e fora de campo.

— A renovação do Juan já era algo que estava construído, que seria uma prorrogação por mais um ano. O caso do Juan é especial. É um atleta que tem uma identificação muito grande com o clube, que só está no Flamengo porque quis voltar ao Flamengo. Ele em momento algum privilegiou a questão financeira, nem neste momento de renovação. Então ele segue, com a certeza de que ele pode nos dar o retorno técnico dentro de campo e muito fora de campo também, na questão de sua liderança positiva, por ser um exemplo — afirmou Caetano.

É por conta deste perfil que a diretoria do Flamengo não pretende perder Juan quando ele encerrar a carreira. Dentro de campo, o zagueiro já deu muitos frutos ao clube e, quando se aposentar, poderá continuar contribuindo fora das quatro linhas.

Fonte

cta_finalpost_flamengo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *