Foto: Divulgação

Everton Santos comemora 1º gol pelo Santa Cruz e promete empenho por conquistas

Responsável por abrir o placar no estádio Grito da República, em Olinda, o avançado avaliou o desempenho do time Tricolor em campo como positivo

A temporada 2017 do Santa Cruz começa com uma série de novos rostos. Na vitória sobre o Timbaúba em jogo-treino que aconteceu no último sábado, no estádio Grito da República em Olinda, a rede adversária foi balançada três vezes pelo Tricolor. A primeira delas, partiu dos pés do atacante recém-contratado Éverton Santos. Aos 22 minutos de jogo, recebeu bom passe de Elicarlos e tocou, abrindo o placar. Mais um dos jogadores que trabalhou com o técnico Vinícius Eutrópio ainda no Figueirense, o avançado comemorou o primeiro tento marcado pelo clube coral, fez uma avaliação positiva do desempenho do time em campo e prometeu todo empenho por alcançar conquistas pelo Tricolor neste ano.
“Acho que se tratando do primeiro teste, a equipe se portou super bem. Acho que por ser um grupo que está sendo formado agora, o saldo foi muito positivo. Criamos algumas chances de gol, apesar da dificuldade que a gente encontrou, pelo gramado. Infelizmente a torcida não pôde comparecer, esperávamos a massa em peso para nos apoiar, mas essa torcida pode ter certeza que esse grupo que está sendo formado vai ser um grupo que vai lutar, vai se empenhar ao máximo para conquistar os objetivos da equipe do Santa Cruz no ano. E quanto ao gol fico muito feliz por ter feito meu primeiro gol com a camisa do Santa, espero que seja o primeiro de muitos outros que estão por vir ainda e que eu possa dar muitas alegrias ainda para a torcida do povo”, almejou.

O avançado de 30 anos iniciou a carreira no São José-SP e, após se destacar no interior paulista, chegou a ser contratado pelo Corinthians em 2007. No ano seguinte, acabou se transferindo para o Paris Saint Germain, da França,pelo qual esteve em campo por somente três minutos no Campeonato Francês. Foi relacionado outras três vezes, mas não acionado. Ainda fora do país, Albirex Nigata (Japão) e os sul-coreanos Seongnam Ilhwa Chunma, Seoul e Ulsan Hynduai. No Brasil, por Fluminense, Goiás, Ponte Preta e Figueirense, onde estava no ano passado.

Fonte

cta_finalpost_santacruz

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *