Entenda como funciona o campeonato brasileiro de futebol

Entenda como funciona o campeonato brasileiro de futebol

O futebol está no sangue do povo brasileiro: o esporte que virou um dos sinônimos do país tem como sua maior competição o campeonato brasileiro de futebol. A competição coloca frente a frente os melhores clubes do país a cada ano, e já passou por mudanças que a aperfeiçoaram, equilibrando a disputa  e valorizando a regularidade.

Para entender melhor o futebol brasileiro, é preciso aprender mais sobre o campeonato brasileiro de futebol. E, por isso, vamos explorar essa competição a seguir. Confira!

Histórico do campeonato brasileiro de futebol

O campeonato brasileiro de futebol já sofreu diversas mudanças no seu formato desde 1959, quando foi instituído pela CBF — Confederação Brasileira de Futebol.

A competição já foi disputada de forma eliminatória em mata-mata após uma classificação inicial, mas, atualmente, é realizada em pontos corridos.

Os maiores campeões são os quatro grandes paulistas: Palmeiras, com nove títulos, Santos, com oito, e São Paulo e Corinthians — com seis cada um.

Existe uma polêmica em relação aos títulos reconhecidos antes de 1971, mas a homologação da CBF apresenta os números acima, com as edições de 1959 até 1970 aclamadas como o próprio campeonato brasileiro de futebol.

No total, 12 equipes já levaram o título nacional: Palmeiras (9), Santos (8), São Paulo (6), Corinthians (6), Flamengo (5), Cruzeiro (4), Vasco da Gama (4), Fluminense (4), Internacional (3), Grêmio (2), Botafogo (2), Bahia (2), Atlético Mineiro (1), Guarani (1), Coritiba (1), Sport (1) e Atlético Paranaense (1) já venceram a competição.

As divisões do campeonato brasileiro de futebol

Desde 2003, as séries A e B do Brasileirão são disputadas no formato de pontos corridos. Os 20 times jogam contra si em turno e returno, consagrando-se como campeão aquele que somar o maior número de pontos após as 38 rodadas.

Já as séries C e D misturam fases classificatórias em grupo e fases eliminatórias em mata-mata, até que se reconheçam campeões, classificados e rebaixados para a divisão superior ou inferior.

A Série C mantém uma disputa entre 20 equipes por edição com ascenso e descenso, enquanto a Série D se tornou a forma de acesso para novos participantes, que se classificam a partir da classificação nos campeonatos estaduais, dando chance e mais calendário para equipes menores.

Acesso e classificação do campeonato brasileiro de futebol

Os seis primeiros classificados do campeonato brasileiro estão automaticamente classificados para a Copa Libertadores, maior competição continental. Os quatro primeiros entram direto na fase de grupos do torneio, enquanto quinto e sexto colocados disputam a fase preliminar.

Do sétimo ao décimo segundo, estão os classificados para a Copa Sulamericana, competição alternativa a nível de América do Sul.

Os quatro últimos colocados da Série A são rebaixados para a Série B. Assim, os quatro primeiros colocados da Série B trocam de divisão com os rebaixados.

O mesmo movimento acontece entre as séries B e C, e C e D, o que garante maior aporte financeiro para os que obtêm sucesso, grande objetivo de todos.

Dando possibilidades para todos e coroando os campeões aqueles que se mantêm melhores durante toda a competição, o Brasileirão mexe com o país a cada rodada, alimentando a esperança de uns — e magoando outros, o que faz parte da rotina de ser um torcedor.

E aí, entendeu como funciona o campeonato brasileiro de futebol? Você mudaria alguma coisa? Tem saudades do mata-mata? Deixe sua opinião nos comentários!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *