Em sua estreia na Série B, Macaé derrota o Santa Cruz por 2 a 0

Em sua estreia na Série B, Macaé derrota o Santa Cruz por 2 a 0

O dia 9 de maio de 2015 entrou para a história do Macaé. Neste sábado, o Alvianil Praiano fez a sua estreia na Série B do Brasileiro e, mostrando personalidade, o time dirigido pelo técnico Marcelo Cabo derrotou o Santa Cruz por 2 a 0 no Moacyrzão. Os gols do Leão foram marcados pelo meia Fernando Santos, ainda no primeiro tempo, e pelo volante Juninho, nos acréscimos da etapa final.

Com o resultado, o Macaé divide a liderança da Série B com o Sampaio Corrêa, justamente o próximo adversário do Alvianil Praiano. As duas equipes, que se enfrentam na próxima sexta-feira (15), em São Luís (MA), venceram os seus adversários por 2 a 0. O rival maranhense bateu o Vitória, no Barradão, em Salvador (BA).

Em jogo movimentado, Leão aproveita melhor as chances
Macaé e Santa Cruz protagonizaram um jogo cheio de alternativas no Estádio Cláudio Moacyr de Azevedo. As duas equipes desperdiçaram várias oportunidades de gol, entretanto o Alvianil Praiano foi mais eficiente e carimbou a faixa de campeão Pernambucano do Santinha. Com a bola rolando, os visitantes criaram as melhores chances na etapa inicial. Logo aos 6 minutos, Bruninho deixou Pedro Castro na cara do gol. O meia finalizou e o goleiro Ricardo Berna salvou o Macaé.

Aos 22, Bruninho pegou a sobra da zaga do Macaé e chutou forte à direita da meta. No ataque seguinte, Betinho roubou a bola de Gedeil e tocou para Anderson Aquino, que saiu na cara do gol e chutou para mais uma grande intervenção de Ricardo Berna. Apesar de ter criado pouco, o Macaé abriu o marcador aos 35. Henrique cruzou da direita, Pipico ajeitou de cabeça para o meio da área. Anselmo fez bem o trabalho de pivô e Fernando Santos pegou de primeira, sem chances para Fred: 1 a 0.

Logo na saída de bola, João Paulo arriscou de longe e Ricardo Berna fez nova grande defesa. O jogo ganhou em emoção e o Alvianil Praiano quase ampliou aos 39. Pipico recebeu dentro da área, passou pelo marcador e bateu cruzado, mas Anselmo não chegou a tempo para finalizar. Antes do apito final, o Santa Cruz buscou o empate, mas o Macaé se defendeu bem e levou a vantagem de 1 a 0 para o intervalo.

Na etapa final, o Macaé voltou com uma postura mais agressiva e teve a chance de ampliar aos 4min. Diego cobrou escanteio pela esquerda e Anselmo, de cabeça, acertou o travessão. No rebote, o próprio Anselmo finalizou – a bola já entraria -, mas Pipico, em posição irregular, empurrou para o fundo das redes. A jogada foi anulada. Aos 12, o Alvianil mandou outra bola no travessão em arremate de Pipico da entrada da área.

Com uma equipe muito experiente, o Santa Cruz não abdicou de atacar, mas deixava espaços na defesa. Aos 27, o Macaé desperdiçou novo contragolpe. Pipico arrancou da intermediária, saiu na cara do gol, porém chutou em cima do goleiro Fred. No rebote e sem goleiro, Anselmo acertou o travessão. Aos 30min, Fernando Santos deixou o centroavante de cara para o gol, ele chutou forte, mas voltou a parar no arqueiro.

Com a vantagem mínima no placar, o Leão viu o Santa Cruz crescer no final. João Paulo soltou uma bomba de fora da área aos 39min e Ricardo Berna fez uma grande defesa, espalmando para escanteio. Em seguida, Anderson Aquino lançou para João Paulo, que deu um balão em Diego dentro da área, e finalizou de pé direito. A bola passou por Ricardo Berna, mas Brinner, em cima da linha, evitou o empate. Mas, aos 47, o Santinha perdeu o meia Bruninho, expulso após receber o segundo amarelo. E, um minuto depois, o Macaé decretou a vitória. Henrique avançou pela direita, cruzou para Juninho, que com muita tranquilidade driblou o marcador e encheu o pé, não dando chances para Fred. Final: 2 x 0.

Fonte: Assessoria Macaé

cta_finalpost_santacruz

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *