Foto: Divulgação

Diego Alves é apresentado oficialmente pelo Flamengo e avisa: ‘Esse clube é grande’

A semana do Flamengo começou agitada. Nesta segunda-feira (17), a diretoria do clube anunciou a contratação de Diego Alves . O goleiro de 32 anos chega ao Rubro-Negro depois de uma rápida negociação, que rendeu menos de uma semana. Depois de conhecer as estruturas do Ninho do Urubu, o jogador foi para a Gávea, onde foi anunciado aos jornalistas no salão nobre.

Ao lado de Rodrigo Caetano e Eduardo Bandeira de Mello, diretor e presidente do Flamengo, respectivamente, Diego Alves foi apresentado. Rodrigo abriu a cerimônia e ressaltou a vontade do goleiro de fazer parte do “projeto Flamengo”.

“Quem contrata é o Flamengo. É através do Flamengo que se viabiliza a chegada de um atleta dessa envergadura. Queria agradecer a todos pelo apoio. De todos os personagens, o mais importante foi o próprio Diego. Por curiosidade, após o contato de algumas pessoas que não fazem parte desse ambiente do futebol, tive a chance de receber uma ligação do próprio Diego. Partiu dele a saída do Valência. Desde o início ele tentou isso. Um tempo atrás, quando perguntavam sobre a necessidade de mais um goleiro, até um dia que se viu como uma grande oportunidade, ter um goleiro com a experiência dele. Por tudo isso, foi feito um sacrifício. As portas do Flamengo sempre estarão abertas para os melhores. Ele é um dos melhores do mundo”.

Em seguida, Diego Alves falou sobre a vontade de jogar com o Flamengo e revelou propostas de outros clubes da Europa, mas a forma como o clube carioca negociou fez com que o goleiro fechasse com o Rubro-Negro.

“Tivemos semanas difíceis de negociação. Queria agradecer as partes que ajudaram a realizar esse sonho. Quando fiz esse contato com o Flamengo, tive outras propostas na Europa. mas desde o primeiro momento que teve o Flamengo na negociação foi conversado de uma forma franca. Foi um desses motivos que fez eu ter o desejo de vestir esse manto. Antes de assinar passei pelo Rio e tive a certeza que o Flamengo é grande!”.

Quando questionado sobre o porquê de ter escolhido o Flamengo, Diego Alves mostrou simpatia e brincou.

Por que o Flamengo? Tem certeza que eu preciso responder isso? (risos). Olha… O projeto do Flamengo é muito sério. É um projeto que vem de anos.

Veio para buscar títulos?

Eu acho que o futebol brasileiro melhorou bastante. Isso demonstra a vontade de os jogadores voltarem para jogar no futebol brasileiro. Quando se fala no Flamengo, se fala em título. A história do clube te exige falar de título. Claro que é cedo, tem muito chão pela frente, mas é importante. É um objetivo do clube, dos jogadores. Acho que temos chances, sim, de ter uma grande alegria.

Verdade que o seu apelido era X-tudo?

Até hoje me chamam de X (x-tudo) em Ribeirão Preto. Eu tive uma paralisia facial e fiz um tratamento à base de corticoide. Isso me fez ficar gordinho, para ser bem moderado. Eu nunca coloquei barreiras, mas sempre me incentivou. Isso foi importante na relação minha como goleiro e como experiência de vida. Isso não tem nada a ver.

Flamengo é quarto clube na carreira de Diego Alves. O goleiro surgiu no futebol com a camisa do Atlético-MG, em 2015. Depois de três temporadas, o goleiro se transferiu para o Almería, da Espanha. Em 2011, foi negociado com o Valencia, onde ficou até esse ano.

Fonte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *