Conheça Douglas Costa: Sensação da seleção e do Bayern

Conheça Douglas Costa: Sensação da seleção e do Bayern

Douglas Costa de Souza é mais um daqueles meninos prodígios do futebol brasileiro de carreira meteórica. Com talento nato e extrema habilidade, o meia canhoto, em pouco tempo, deixou de lado o rótulo de “promessa” para se tornar um dos principais jogadores da seleção brasileira e titular absoluto do poderoso Bayern de Munique (ALE).

Qual é a história do menino gaúcho? Confira toda a sua trajetória, desde as categorias de base do Grêmio até o momento em que encantou ninguém menos do que treinador multi-campeão Pep Guardiola!

Origem

Nascido em uma família humilde de Sapucaia do Sul (RS), filho de um pai mecânico e uma mãe dona de casa, o pequeno Douglas cresceu brincando e jogando bola pelas ruas de terra batida de sua cidade natal, com o irmão mais velho e suas duas irmãs. O talento incontestável e a habilidade do garoto logo chamaram a atenção dos olheiros gaúchos, que o levaram ao Grêmio ainda menino, com apenas 12 anos de idade.

Novo Ronaldinho

Mesmo jovem, a nova joia gremista despertava interesse e já chamava atenção, sendo considerado por muitos o “novo Ronaldinho Gaúcho”, devido à sua técnica apurada e ao estilo de jogo semelhante. Porém, os primeiros anos nas categorias de bases do Tricolor não foram fáceis e o jogador quase foi dispensado pelo clube em 2002, na época do juvenil, por conta de seu físico franzino.

Mas quando em campo, Douglas Costa — como ele mesmo dizia —, caía para dentro dos adversários! Foi em uma competição da base, jogando pelo Casa Lar/ Santa Catarina que o meia, emprestado pelo Grêmio, acabou com o jogo e eliminou o próprio clube.

Não deu outra: ainda no sub-17, o garoto foi reintegrado ao Tricolor Gaúcho e passou por um processo de aprimoramento físico para ganhar massa muscular. Em 2008, o resultado surgiu e, 8 quilos mais forte, foi promovido ao elenco principal gremista, pelo então treinador Celso Roth.

Ascensão meteórica

No mesmo ano, Douglas estreou na equipe principal. Logo em sua estreia, diante do Botafogo, marcou seu primeiro gol pelo Tricolor.

A torcida gremista via nascer uma nova estrela e o futebol brasileiro ganhava um novo craque! Rapidamente, a sua qualidade repercutiu na Europa e, em 2009, o Manchester United (ING) tentou contratá-lo por pouco mais de R$ 20 milhões.

A diretoria gremista conseguiu segurar o jovem talento, mas em 2010 não teve jeito. A grana alta — cerca de 8 milhões de euros — oferecida pelo Shaktar Donetsk, da Ucrânia, convenceu a diretoria gremista a vender uma das maiores revelações do futebol brasileiro.

Experiência

Em 5 anos no futebol ucraniano, o meia ganhou experiência, maturidade e explodiu para o mundo! Foram 203 jogos, 38 gols e nada menos do que 12 títulos, além de sua primeira convocação para a seleção brasileira em 2014.

Pep Guardiola

Seu desempenho e as boas atuações o colocaram no radar dos principais clubes do mundo, entre eles o Bayern de Munique (ALE). Encantando com o futebol apresentado pelo meia-atacante/ ponta-esquerda, o treinador espanhol Pep Guardiola não hesitou em desembolsar 30 milhões de euros (R$104 milhões) para reforçar seu estrelado elenco com o craque brasileiro. Hoje, Douglas Costa é titular incontestável do time alemão e um dos principais destaques da seleção brasileira, ao lado de Neymar.

Já conhecia a trajetória do meia Douglas Costa? Gostaria de conhecer a história de algum outro craque brasileiro? Deixe seu comentário abaixo e até a próxima!

Um comentário em “1”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *