Comercial MS é campeão estadual e se garante na Copa do Brasil

A cal vai ficar impregnada no troféu do Comercial-MS. É o pó branco da marca do pênalti, convertido aos 47 do segundo tempo pelo lateral Rodolfo, que deu a vitória colorada sobre o Ivinhema por 3 a 2 no estádio Saraivão, na tarde deste domingo, e quebrou o jejum de cinco anos sem títulos para a equipe de Campo Grande. Àquela altura, com a igualdade no placar, o Azulão do Vale era quem estava ficando com a taça. Mas o brio do time comercialino, um azarão entre os favoritos desde o início da competição, foi determinante na conquista do nono título sul-mato-grossense de sua história.

Penalidades, aliás, foram a marca dessa decisão entre Ivinhema e Comercial. Os visitantes saíram na frente aos 28 com um gol de pênalti convertido por Jefferson Tanque. O empate, nos acréscimos da primeira etapa, veio em lance polêmico. Carlos Júnior caiu na grande área sem sofrer contato do marcador e Paulo Henrique Vollkopf trilou o apito, para revolta do time comercialino.

Na segunda etapa, Jefferson Paulista ajeitou para fazer um belo gol e recolocar o colorado em vantagem, aos 12. A reação veio no mesmo tom: oito minutos depois, Aguinaldo encobriu o goleiro Martins e deixou tudo igual no Saraivão. O Ivinhema tentou se fechar na defesa para assegurar o empate até o apito final. Não contavam com o espírito guerreiro do lobo guará colorado.

Este é o nono título sul-mato-grossense do Comercial, que também sagrou-se campeão em 1982, 1985, 1987, 1993, 1994, 2000, 2001 e 2010. O colorado está a uma conquista de se igualar ao arquirrival Operário-MS, maior campeão sul-mato-grossense.

O atacante Carlos Júnior, do Ivinhema, fez um gol – o oitavo dele na temporada – e logo em seguida deixou o campo lesionado. Ele termina o campeonato na artilharia ao lado de Preto, do Águia Negra.

Fonte:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *