Comercial e Novoperário abrem o Sul-Mato-Grossense 2016

Comercial e Novoperário abrem o Sul-Mato-Grossense 2016

A Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul (FFMS) definiu os jogos que vão marcar a abertura do Campeonato Sul-Mato-Grossense 2016. No dia 31 de janeiro, Comercial-MS e Novoperário devem se enfrentar no estádio Douradão, em Dourados. Já no dia 10 de fevereiro, Corumbaense e Águia Negra devem duelar no estádio Arthur Marinho, em Corumbá. A programação dos demais jogos dos Grupos A e B está mantida, com rodadas a partir de 13 de fevereiro.

A decisão foi tomada após reunião na tarde desta terça-feira entre representantes da FFMS e de clubes, em conjunto com a direção da TV Morena, detentora dos direitos de transmissão do torneio, na sede da emissora em Campo Grande.

O vice-presidente da federação, Marco Antônio Tavares, explicou que na próxima quinta-feira será publicada a tabela da competição com os ajustes necessários, para em seguida ser encaminhada ao Ministério Público Estadual. Tavares acredita que a Promotoria deve autorizar a antecipação dos jogos, já que os confrontos programados para os dias 31 de janeiro e 10 de fevereiro ocorrerão em estádios que possuem todos os laudos em dia. Além disso, segundo o vice-presidente, após consulta ao departamento jurídico foi verificado que a antecipação não fere o Estatuto de Defesa do Torcedor.

Com relação ao mando de campo fora de Campo Grande, os dirigentes dos três clubes da capital – Novoperário, Comercial-MS e Operário-MS – trabalham com a possibilidade de liberação do estádio Jacques da Luz, no bairro das Moreninhas. A arena, administrada pela Fundação Municipal de Esporte (Funesp), ainda não possui laudos em dia e depende de pequenos reparos e demarcação das arquibancadas para ser liberada.

Em dezembro passado, a FFMS havia adiado em duas semanas o início da Série A estadual. Em nota, a entidade justificou que o adiamento se deveu a um pedido dos clubes e à “desestabilização do futebol” causada pelo Profut (Lei 13.155/2015). Na última quinta-feira, porém, a federação acenou com a desistência do adiamento.

Fonte:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *