Foto: Divulgação

Com polêmica, Atlético-MG vence o Corinthians

Com gol de Róger Guedes no fim do jogo, Atlético-MG vence o Corinthians, que era único time com 100% de aproveitamento

O Brasileirão não tem mais algum time com 100% de aproveitamento. Neste domingo, pela terceira rodada, o Atlético-MG venceu o Corinthians por 1 a 0, em um jogo bastante movimentado e com lances polêmicos no estádio Independência.

Com o resultado, Galo e Timão têm agora seis pontos no Brasileirão, um a menos que o líder Flamengo.

Gol no fim

O Atlético-MG pressionou durante toda a partida, mas só chegou ao gol aos 41 minutos do segundo tempo. Patric evitou a saída pela linha de fundo e cruzou para Róger Guedes, que dividiu com Mantuan e mandou para o fundo da rede.

Lance polêmico

Após escanteio pela direita e desvio de cabeça, a bola bateu na mão de Ricardo Oliveira, que finalizou na trave. No rebote, Róger Guedes mandou para o fundo da rede. O gol, porém, foi invalidado depois de cerca de quatro minutos pelo árbitro, que foi pressionado pelos jogadores do Timão e consultou seu auxiliar.

A bola realmente bateu na mão de Ricardo Oliveira e teve sua trajetória desviada, em um lance muito rápido e sem intenção do centroavante. Os torcedores do Galo gritaram “vergonha” e vairam a arbitragem ao fim do primeiro tempo.

Mais polêmica?

Antes do gol anulado do Atlético-MG, Maycon foi puxado dentro da área, em lance que seria pênalti para o Corinthians. Não houve reclamação na jogada.

Domínio do Galo

No primeiro tempo, o Atlético-MG pressionou e foi bem melhor em campo, mas não teve tantos lances de perigo. O maior susto foi a cobrança de falta de Otero no travessão. Já o Corinthians não finalizou, em um dia pouco inspirado do seu sistema ofensivo.

O cenário continuou praticamente igual na etapa final, mesmo com a entrada de Emerson Sheik no lugar do apagado Clayson. Antes do gol, o Galo já havia voltado a carimbar o travessão de Cássio, quando Gustavo Blanco tentou cruzar e assustou. O Timão só levou perigo em chutes de Rodriguinho e Sheik de fora da área.

Tite de olho

O técnico da Seleção Brasileira assistiu ao jogo do estádio. Cássio, Fagner e Rodriguinho são cotados para a Copa do Mundo. O lateral-direito se lesionou ainda aos oito minutos de jogo, enquanto o goleiro fez boas defesas e o meia pouco apareceu.

Fonte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *