Foto: Divulgação

“Clássico é para ser vencido”: Roger não quer Galo administrando jogo contra o Cruzeiro

Se empatar, Atlético garante primeiro lugar, mas treinador quer ‘revanche’

O Atlético vive um longo jejum contra o Cruzeiro. A última vitória sobre o rival aconteceu no dia 19 de abril de 2015, quando conquistou o triunfo por 2 a 1, de virada, com dois gols de Lucas Pratto. De lá para cá, seis jogos. A chance de quebrar a ‘seca’ será no próximo sábado, às 16h, no Mineirão, em jogo válido pela 10ª rodada do Campeonato Mineiro.

O Atlético entrará em campo muito próximo da classificação (ou até mesmo classificado, dependendo do resultado do Cruzeiro nesta segunda-feira, contra o Uberlândia). Caso a equipe celeste vença seu jogo, o Galo precisará de apenas um empate no sábado para garantir o primeiro lugar na fase de grupos. No entanto, Roger Machado quer ver o Alvinegro manter a sequência de vitórias no Campeonato Mineiro.

“Não imagino que meu torcedor vai desejar que a gente jogue o clássico administrando resultado. O clássico é para ser vencido, independente da situação na classificação. Se a gente vencer, vamos ter a vantagem que a gente deseja. É uma semana vivida de forma diferente. Temos que vencer o clássico, porque é tão importante quanto o título local. E nós queremos muito a vitória”, disse o treinador.

O clássico será uma espécie de revanche para Roger Machado. Logo em seu segundo jogo como treinador do Galo, enfrentou o Cruzeiro no Mineirão e viu o Alvinegro perder o clássico por 1 a 0. Na ocasião, ele tinha apenas 24 dias de trabalho.

Com o Atlético mais adaptado ao seu estilo de jogo, Roger Machado espera o triunfo no Mineirão. “Vamos estar mais encorpados, não tenha dúvida. Aquele clássico foi o segundo jogo do ano, com poucos dias de trabalho, enquanto o Cruzeiro vinha com o Mano Menezes desde o ano passado. Tenho certeza que vai ser diferente, pelo menos para nosso lado. Ninguém quer perder clássico. Queremos vencer porque perdemos o primeiro do ano”, concluiu.

Roger Machado comandou o Atlético em 13 partidas. São dez vitórias, dois empates e uma derrota, justamente no clássico, válido pela Primeira Liga.

Fonte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *