Bruno também está na final de duplas mistas no Australian Open

Bruno Soares também está na final de duplas mistas no Australian Open

Bruno Soares está fazendo história na Austrália. Depois de ter se classificado para a final de duplas, com o britânico Jamie Murray, nesta sexta-feira ele avançou também à decisão de duplas mistas, com a russa Elena Vesnina. Eles venceram a indiana Sania Mirza e o croata Ivan Dodig, por 7/5 7/6(4). Com a vitória, Bruno se tornou o primeiro brasileiro, depois de Maria Esther Bueno, e o único entre os homens, a disputar duas finais no mesmo Grand Slam.

Além de fazer história para o país, Bruno Soares jogará pelo terceiro trofeu de duplas mistas da carreira, já tendo dois do US Open, com Ekaterina Makarova, em 2012 e outro com Sania Mirza, em 2014. Jogará pelo primeiro título de duplas, tendo sido vice-campeão do US Open, em 2013.

“Difícil de imaginar que estaria nas duas finais. Um torneio como Grand Slam, fazer uma final já é super difícil, ainda mais duas. Vamos tentar aproveitar o momento e surfar essa onda e quem sabe pegar os dois títulos. No ano em que fiz final em 2013, no US Open, quando o Alex (Peya) machucou, perdi na semi de duplas mistas. Quase que deu dobradinha lá. E agora estou muito feliz com a dobradinha aqui. ,” disse Bruno Soares.

Esta é a primeira vez que Soares e Vesnina jogam juntos. “Conversei com a Sania no fim do ano e ela disse que queria trocar de parceiro. Mandei uma mensagem para a Vesnina, convidei e ela topou. A gente já se conhecia há um bom tempo, até por causa da Makarova. Ela ia sempre acompanhar o nosso jogo. Estou super feliz com o nosso resultado até agora.”

Com duas finais para disputar no fim de semana, Bruno credita o bom rendimento físico em quadra à pré-temporada realizada em Belo Horizonte. “O físico está super bom. O fato de estar disputando um jogo todo dia tem ajudado bastante. A programação tem sido muito boa, mas com certeza uma boa pré-temporada e o trabalho do Chriszogno Bastos foi fundamental para isso.”

Para se preparar para a final, o mineiro vai focar jogo a jogo. “Estou jogando todo dia e tem sempre que pensar no próximo jogo. Agora vou começar a focar na final de duplas masculinas que é amanhã e tentar esquecer o que a gente está jogando e focar em ganhar o jogo. Se pensar muito em final de Grand Slam, você acaba esquecendo de jogar. É focar no que a gente vem fazendo e que vem dando muito certo. Já sou mais experiente, já passei por isso outras vezes, já sei o que esperar e como me preparar. Estou tranquilo e espero poder jogar o meu melhor.”

A decisão de duplas, contra Daniel Nestor e Radek Stepanek, acontece no sábado, na Rod Laver Arena, após a final de simples feminina. A de duplas mistas, contra Coco Vandeweghe e Horia Tecau é realizada no domingo, antes da final de simples masculina.

Com chance de aumentar em 2 os trofeus do Brasil em Grand Slam, Bruno afirma:  “O Brasil também é o país das duplas. Há um bom tempo, eu o André e o Marcelo temos conseguido grandes resultados. Entra ano, sai ano e a gente vai elevando o nível do nosso tênis.”

Fonte:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *