América-MG: os números do novo campeão mineiro

América-MG: os números do novo campeão mineiro

O futebol mineiro tem novo dono! Contrariando as previsões e análises matemáticas, o América-MG fez história e se tornou campeão mineiro 2016. Após 15 anos de jejum, o time voltou a levantar a taça do campeonato em uma final emocionante com o Atlético-MG.

Passando pelo Cruzeiro com uma vitória significativa, o time chegou ao segundo jogo da final contra o Atlético-MG necessitando somente de um empate para que pudesse ser campeão. Em um jogo emocionante e digno de sua importância, o América-MG saiu atrás, mas Danilo marcou o gol e garantiu o título.

Quer conhecer mais sobre a trajetória do América-MG como campeão 2016? Então continue a leitura!

Destaques do campeão mineiro 2016

O campeão terminou a primeira fase em quarto lugar, com cinco vitórias, três empates e três derrotas, somando 18 pontos. Nas semifinais, dois dos jogos de maior destaque da campanha: o líder e invicto Cruzeiro seria o adversário, que havia somado 11 pontos a mais na primeira fase do campeonato. Porém, com uma vitória por 2 a 0 no primeiro jogo, o Coelho garantiu a sua vaga na final do campeonato ao empatar por 0 a 0 no Mineirão, que estava cheio.

Com um time implacável, o América-MG apostou na forte marcação e em bolas paradas para superar o duro adversário. A torcida também foi essencial, lotando o Independência na primeira partida e apoiando o time no segundo jogo, fazendo barulho mesmo estando em menor número.

Além disso, dois jogadores do América-MG merecem destaque: Victor Rangel e João Ricardo. Vitinho, como é chamado o primeiro, marcou três gols no Campeonato Mineiro e foi essencial na vitória do time sobre o Cruzeiro por 2 a 0.

Já o goleiro João Ricardo foi a muralha do América-MG durante todo o campeonato estadual e promete repetir sua atuação no Brasileirão — o time subiu para a Série A. O atleta já está no clube há mais de dois anos e garante que vai fazer mais história com a camisa alviverde.

Podemos falar ainda do jogador Danilo, que fez três gols nos jogos da final do Campeonato Mineiro e teve uma atuação destacada.

O jogo da conquista

Com lances perigosos do início ao fim, o jogo da final contou com situações dramáticas, como expulsões nos dois times.

Com Robinho em campo, o Atlético-MG assustava em diversos lances, marcando a saída de bola e esperando um erro para engatilhar o contra-ataque em busca de um gol. O Galo se destacou desde o início da partida, com lances que fizeram o goleiro do América, João Ricardo, se desdobrar e operar dois milagres, evitando gols que eram certos.

Porém, a participação de Robinho não passou em branco. O rei das pedaladas deixou Pratto na cara do gol, que deu um chute certeiro. Apesar disso, o goleiro do Coelho rebateu, mas Clayton pegou o rebote e abriu o marcador para o Atlético, 1 a 0.

O gol assustou o América-MG, que necessitava somente de um empate para conquistar o campeonato. Mas o time foi em busca do tempo perdido e mostrou que sua história durante o Estadual não foi apenas sorte. Com uma tática de se fechar na defesa e sair no contragolpe, o time de Givanildo mostrou que nem tudo estava perdido, e Danilo marcou o gol de empate e da conquista do Campeonato Mineiro.

O Galo até colocou pressão e criou outras chances de gol, mas o Coelho estava com tudo e garantiu o título de campeão mineiro 2016!

E aí, gostou de conhecer a trajetória do América-MG para a conquista do título de campeão mineiro 2016? Então não deixe de compartilhar nosso post e mostrar para seus amigos como o Coelho conseguiu chegar à vitória e levantar a taça!

cta_finalpost_america

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *